Heart It online Psicose
/page/2
Ao chegar em casa, dormi de conchinha com minha cachorra e chorei ouvindo Caetano. Pra que rimar amor com dor?
Tati Bernardi.  (via thiaramacedo)

(via thiaramacedo)

Como eu queria morar na tua cidade, ter brincado quando pequena na calçada da tua rua. Seríamos aqueles amigos inseparáveis e com o passar dos anos descobriríamos o amor da forma mais doce e sublime de todas, nos olhares de sorrisos avechados, no toque encabulado das mãos, na aventura das primeiras sensações de prazer, no sexo desajeitado feito com o mais extremo cuidado. Ah, como eu queria ter nascido bem perto de ti. Hoje teríamos essa profundidade no olhar que sempre ao pensar em nós me sucumbe, me esgota, me enche de tanta saudade.
Cartas para um amor perto do mar.    (via acertarei)

(Source: oxigenio-dapalavra, via acertarei-deactivated20140916)

Aquela vontade de deitar do teu lado e esquecer do mundo lá fora.
Capacitadora (via expressao)

(Source: capacitadora, via expressao)

A Julieta era uma idiota. Porque ela se apaixona por aquele cara que ela sabe que não pode ter. Todo mundo acha isso tão romântico: Romeu e Julieta, amor verdadeiro, que triste. Se Julieta foi burra o bastante para se apaixonar pelo inimigo, beber uma garrafa de veneno e ir repousar num mausoléu, então ela teve o que merecia, e até hoje, eu acredito que, na maior parte do tempo, o amor é uma questão de escolhas. É uma questão de tirar os venenos e as adagas da frente e criar o seu próprio final feliz. Você pode desperdiçar sua vida construindo barreiras e fronteiras ou então você pode viver ultrapassando-as. Mas há algumas que são perigosas demais para serem cruzadas. E aí vai o que eu sei: se você estiver disposto a se arriscar, a vista do outro lado é espetacular.
Grey’s Anatomy. (via inverbos)

(Source: negativar, via inverbos)

Tenho uma mania de tomar conta das pessoas que são importantes pra mim como se elas fossem indefesas. É bobo, eu sei, mas me preocupo com coisas do tipo, se a pessoa está respirando no meio da noite.
Clarissa Corrêa. (via inverbos)

(Source: so-quotes, via inverbos)

(Source: brisa-do-dia, via quantist)

Ao chegar em casa, dormi de conchinha com minha cachorra e chorei ouvindo Caetano. Pra que rimar amor com dor?
Tati Bernardi.  (via thiaramacedo)

(via thiaramacedo)

(Source: itcuddles, via couple-platonic)

(Source: stickless, via encantaddora)

Como eu queria morar na tua cidade, ter brincado quando pequena na calçada da tua rua. Seríamos aqueles amigos inseparáveis e com o passar dos anos descobriríamos o amor da forma mais doce e sublime de todas, nos olhares de sorrisos avechados, no toque encabulado das mãos, na aventura das primeiras sensações de prazer, no sexo desajeitado feito com o mais extremo cuidado. Ah, como eu queria ter nascido bem perto de ti. Hoje teríamos essa profundidade no olhar que sempre ao pensar em nós me sucumbe, me esgota, me enche de tanta saudade.
Cartas para um amor perto do mar.    (via acertarei)

(Source: oxigenio-dapalavra, via acertarei-deactivated20140916)

Aquela vontade de deitar do teu lado e esquecer do mundo lá fora.
Capacitadora (via expressao)

(Source: capacitadora, via expressao)

(Source: itcuddles, via insexs)

A Julieta era uma idiota. Porque ela se apaixona por aquele cara que ela sabe que não pode ter. Todo mundo acha isso tão romântico: Romeu e Julieta, amor verdadeiro, que triste. Se Julieta foi burra o bastante para se apaixonar pelo inimigo, beber uma garrafa de veneno e ir repousar num mausoléu, então ela teve o que merecia, e até hoje, eu acredito que, na maior parte do tempo, o amor é uma questão de escolhas. É uma questão de tirar os venenos e as adagas da frente e criar o seu próprio final feliz. Você pode desperdiçar sua vida construindo barreiras e fronteiras ou então você pode viver ultrapassando-as. Mas há algumas que são perigosas demais para serem cruzadas. E aí vai o que eu sei: se você estiver disposto a se arriscar, a vista do outro lado é espetacular.
Grey’s Anatomy. (via inverbos)

(Source: negativar, via inverbos)

lipstick-lesbian:

♀♡♀

lipstick-lesbian:

♀♡♀

(Source: weheartit.com, via f1-grand-prix)

Tenho uma mania de tomar conta das pessoas que são importantes pra mim como se elas fossem indefesas. É bobo, eu sei, mas me preocupo com coisas do tipo, se a pessoa está respirando no meio da noite.
Clarissa Corrêa. (via inverbos)

(Source: so-quotes, via inverbos)

"Ao chegar em casa, dormi de conchinha com minha cachorra e chorei ouvindo Caetano. Pra que rimar amor com dor?"
"Como eu queria morar na tua cidade, ter brincado quando pequena na calçada da tua rua. Seríamos aqueles amigos inseparáveis e com o passar dos anos descobriríamos o amor da forma mais doce e sublime de todas, nos olhares de sorrisos avechados, no toque encabulado das mãos, na aventura das primeiras sensações de prazer, no sexo desajeitado feito com o mais extremo cuidado. Ah, como eu queria ter nascido bem perto de ti. Hoje teríamos essa profundidade no olhar que sempre ao pensar em nós me sucumbe, me esgota, me enche de tanta saudade."
"Aquela vontade de deitar do teu lado e esquecer do mundo lá fora."
"A Julieta era uma idiota. Porque ela se apaixona por aquele cara que ela sabe que não pode ter. Todo mundo acha isso tão romântico: Romeu e Julieta, amor verdadeiro, que triste. Se Julieta foi burra o bastante para se apaixonar pelo inimigo, beber uma garrafa de veneno e ir repousar num mausoléu, então ela teve o que merecia, e até hoje, eu acredito que, na maior parte do tempo, o amor é uma questão de escolhas. É uma questão de tirar os venenos e as adagas da frente e criar o seu próprio final feliz. Você pode desperdiçar sua vida construindo barreiras e fronteiras ou então você pode viver ultrapassando-as. Mas há algumas que são perigosas demais para serem cruzadas. E aí vai o que eu sei: se você estiver disposto a se arriscar, a vista do outro lado é espetacular."
"Tenho uma mania de tomar conta das pessoas que são importantes pra mim como se elas fossem indefesas. É bobo, eu sei, mas me preocupo com coisas do tipo, se a pessoa está respirando no meio da noite."

About:

Nunca a mais bonita, nem a mais engraçada. Ela era o contrario de alguém que você julgaria como perfeita. Ela falava alto mas era tímida. O sorriso dela era uma brecha para ver todo o seu interior. Ela conversava olhando nos olhos, gostava de olho no olho, e não resistia ao calor de braços fortes. Gostava de apoiar a cabeça no ombro de um amigo enquanto ele a abraçava, ela se sentia mais segura assim. Tinha sentimentos a flor da pele. Amava demais, acreditava demais, portanto, sofria demais. Tudo era exagerado, mas ela gostava de botar intensidade em tudo que fazia sentindo. Você iria gostar dela, eu te garanto. Ela sabia ser boa amiga, sabia ajudar todos, menos a ela mesma. Acredito que ela só chora de tempos em tempos. Ela vem segurando, vem engolindo o choro, vem sendo forte. Ela se abala, mas não chora, pelo menos não aonde vão vê-la. Ela é forte, acredite. Já foi magoada, já se iludiu e teve que se desiludir por conta própria, já perdeu a cabeça varias vezes, correu atrás e se cansou, quebrou a cara tantas vezes que nem dá pra contar. E nunca deixou de sorrir, nunca deixou aquele sorriso de menina boba sair do rosto, e justamente isso, é o que eu mais admiro.

Following:

Liv
BMO